Sentir-se permanentemente ansioso não é normal. A principal característica do transtorno de ansiedade generalizada é a preocupação crônica, excessiva, ou a ansiedade contínua com eventos do cotidiano. Essa ansiedade ou preocupação constante geralmente está associada a sinais físicos, como tensão muscular, fadiga e alterações no sono. 

 

As pessoas com TAG também apresentam dificuldade de concentração, irritabilidade, inquietação, sensação de “estar no limite”. O transtorno leva as pessoas a pensar de forma negativa ou mesmo catastrófica sobre eventos da vida, mesmo que corriqueiros. Todos os sinais e sintomas do TAG prejudicam a qualidade de vida.

 

Ao fazer o diagnóstico, o psiquiatra procura identificar outros transtornos que podem estar associados, como depressão e abuso de tabaco, drogas, álcool. Ao mesmo tempo, deve descartar condições que provoquem sinais semelhantes, como disfunções cardíacas ou endócrinas.

As mulheres geralmente são mais afetadas pelo TAG do que os homens.

 

A conduta para o tratamento inclui a indicação de antidepressivos, mesmo que a doença não seja caracterizada como depressão, uma vez que tais medicamentos agem também sobre os sintomas da ansiedade.

TRANSTORNO DE ANSIEDADE GENERALIZADA (TGA)

Sintomas do TGA

  • ansiedade contínua;

  • preocupação constante;

  • tensão muscular;

  • fadiga;

  • alterações no sono;

  • dificuldade de concentração;

  • irritabilidade;

  • inquietação;

  • sensação de "estar no limite".

© 2017 por Alina Landi

Criação de textos e site: Beatriz Helena de Assis Pereira