Logo após o parto, muitas mulheres passam por um período conhecido como tristeza pós-parto ou “baby blues”, caracterizado por instabilidade emocional que se resolve em poucos dias.

 

Quando a tristeza permanece e a mulher se torna apática, é possível tratar-se de uma depressão pós-parto.

Nessa forma de depressão, a mulher tem pensamentos recorrentes de que não se considera capaz de ser uma boa mãe e de que não conseguirá cuidar de seu bebê. A mãe perde o interesse pela criança, além de apresentar sintomas característicos.

A depressão pós-parto requer tratamento imediato, pois pode levar ao desenvolvimento de um quadro depressivo crônico, além de interferir no estabelecimento de laços afetivos saudáveis com o bebê. O tratamento inclui medicação antidepressiva ou hormonal e psicoterapia.  

DEPRESSÃO PÓS-PARTO

Sintomas da depressão pós-parto

  • tristeza e/ou irritabilidade;

  • falta de motivação e desânimo;

  • falta de energia;

  • alteração no sono;

  • alterações alimentares;

  • queixas de dores de cabeça e/ou no corpo.

© 2017 por Alina Landi

Criação de textos e site: Beatriz Helena de Assis Pereira