No Comprometimento Cognitivo Leve há um declínio significativo da cognição em relação a um nível anterior. Em outras doenças, como a esquizofrenia e o transtorno bipolar, pode ocorrer déficit cognitivo, mas não é a característica principal. O Comprometimento Cognitivo Leve pode ser o estágio inicial do Comprometimento Cognitivo Grave (demências em geral). Entretanto, pode não avançar para um estágio mais grave, permanecendo estacionário ou mesmo melhorando quando tratado no contexto de outros quadros clínicos, como depressão ou doenças vasculares, por exemplo.

 

Os sintomas interferem nas atividades do dia a dia e a pessoa passa a ser menos independente para cuidar de suas finanças, administrar seus medicamentos, lidar com tudo aquilo que possa provocar acidentes, por desatenção ou esquecimento.

​Para o tratamento e acompanhamento o médico procura o envolvimento dos familiares para que o paciente alcance uma melhor qualidade de vida.

Sintomas do Comprometimento Cognitivo Leve

 

  • demora mais nas atividades diárias;

  • erros nas atividades diárias;

  • maior esforço para completar tarefas que envolvam várias etapas;

  • dificuldade para retomar uma tarefa após interrupção;

  • dificuldade de pensar quando há outras coisas distraindo, como uso do celular, estar na direção de um veículo, estar com uma TV ligada, existirem outras conversas;

  • fadiga por esforço adicional para organizar, planejar e tomar decisões;

  • dificuldade para se relacionar em encontros sociais onde várias conversas ocorrem;

  • dificuldade para se lembrar de fatos e necessidade de fazer listas ou marcar fatos e tarefas no calendário;

  • dificuldade para achar as palavras ao falar;

  • mudanças súbitas no comportamento.

Comprometimento Cognitivo Leve

© 2017 por Alina Landi

Criação de textos e site: Beatriz Helena de Assis Pereira