Existem três perfis para o TDA: desatento, hiperativo-impulsivo e misto. Hiperatividade quer dizer aumento da atividade motora. Entretanto, nem todo caso de hiperatividade é sinônimo de déficit de atenção. Por essa razão o perfil hiperativo-impulsivo é reconhecido como TDAH (Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade).

O transtorno pode ocorrer sem hiperatividade e nesse caso é denominado TDA Predominantemente Desatento. Existe ainda o tipo misto, que apresenta simultaneamente características dos tipos TDA desatento e TDA hiperativo-impulsivo. Para diagnosticar o TDA/H o médico precisa avaliar os sintomas e compará-los cuidadosamente com os critérios estabelecidos como característicos desse transtorno. Um sintoma como falta de concentração pode estar presente em um momento de nossas vidas, mas não por isso temos TDA/H.

A frequência com que aparecem os seguintes sintomas é essencial no diagnóstico do TDA/H em adultos:

 

  • cometer erros de atenção quando precisa completar um projeto chato ou difícil;

  • dificuldade para manter a atenção quando está fazendo um trabalho chato ou repetitivo;

  • dificuldade para se concentrar no que as pessoas dizem, mesmo quando estão falando com a pessoa;

  • deixar um trabalho incompleto, mesmo depois de já ter feito as partes mais difíceis;

  • dificuldade de fazer um trabalho que exige organização;

  • evitar ou adiar o início de um trabalho que exige concentração;

  • colocar as coisas fora do lugar e ter dificuldade para encontrá-las em casa ou no trabalho;

  • distrair-se com atividade ou barulho ao redor;

  • dificuldade para se lembrar de compromissos ou obrigações;

  • mexer-se na cadeira ou balançar as mãos e os pés quando precisa ficar sentado por muito tempo;

  • levantar-se da cadeira em situações em que deveria ficar sentado, como em reuniões;

  • sentir-se inquieto ou agitado;

  • dificuldade para relaxar e sossegar quando tem tempo livre para isso;

  • sentir-se agitado, com necessidade de fazer coisas, como se estivesse com o “motor ligado”;

  • perceber-se falando demais em situações sociais;

  • perceber-se completando o que os outros dizem antes de as pessoas terminarem o que estavam falando;

  • dificuldade para esperar quando cada um tem a sua vez;

  • interromper os outros quando estão ocupados.

PERFIS DE TDA/H

© 2017 por Alina Landi

Criação de textos e site: Beatriz Helena de Assis Pereira